UGT - Comunicados

Segurança e Saúde no Trabalho

2018

Proteger os trabalhadores contra substâncias químicas cancerígenas: Declaração da comissária Marianne Thyssen

2018-10-11
Proteger os trabalhadores contra substâncias químicas cancerígenas: Declaração da comissária Marianne Thyssen

O Parlamento Europeu e o Conselho chegaram hoje a um acordo sobre a segunda proposta da Comissão de alargar a lista de substâncias químicas reconhecidas como cancerígenas no local de trabalho.

Com este acordo, passam a ser abrangidas pela Diretiva Agentes Cancerígenos e Mutagénicos mais oito substâncias químicas cancerígenas, incluindo os gases de escape de motores a diesel.

Leia a declaração da Comissária responsável pelo Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade dos Trabalhadores, Marianne Thyssen, de saudação ao acordo no link abaixo.

Campanha para a Eleição dos Representantes dos Trabalhadores para a SST

2018-05-30
Campanha para a Eleição dos Representantes dos Trabalhadores para a SST

O Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) da UGT desenvolveu uma campanha para a promoção da eleição de representantes dos trabalhadores para SST. Esta foi sempre uma prioridade da central sindical, uma vez que estes agentes de prevenção assumem-se como um  elemento-chave para a promoção de melhores condições de segurança e saúde nos locais de trabalho.

Assim, no âmbito desta campanha, foram desenvolvidos um conjunto de acções de sensibilização, informação e esclarecimento sobre a eleição e os respectivos processos eleitorais.

Consulte nos links abaixo os materiais eleborados no âmbito desta campanha

UGT lança estudo sobre a dimensão de género em SST

2018-05-28
UGT lança estudo sobre a dimensão de género em SST

A UGT tem assumido um papel pioneiro na abordagem das questões de género em matéria de Segurança e Saúde do Trabalho. É uma área sensível, de grande impacto laboral, onde escasseia a informação disponível em Portugal, apesar da legislação e recomendações europeias apontarem no sentido do reforço das boas práticas nacionais neste domínio.

A UGT elaborou um estudo abrangendo a avaliação do estado da arte quanto ao grau de envolvimento dos Trabalhadores, Representantes Sindicais e Representantes dos Trabalhadores para a SST quanto às áreas de referência da relação entre género e condições de trabalho, incorporando a compreensão da diferença de género, a compreensão dos fatores de riscos específicos associados ao assédio e violência no trabalho, a perceção da discriminação de género em contexto laboral, entre outras.

Neste sentido, desenvolveu-se uma metodologia de diagnóstico, por inquérito, que permite conhecer o envolvimento dos agentes identificados e apontar caminhos para melhorar o papel dos Representantes Sindicais e Representantes dos Trabalhadores para a SST na eliminação progressiva da discriminação de género em contexto de trabalho.

Leia abaixo o relatório deste estudo

UGT promove campanha de segurança e saúde no trabalho no sector da Educação

2018-05-06
UGT promove campanha de segurança e saúde no trabalho no sector da Educação

O Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho da UGT organizou no dia 4 de Maio uma conferência de apresentação da campanha que tem sido objecto de sensibilização e informação junto dos trabalhadores do sector da Educação.

Porque a área da Educação e os profissionais que nela desenvolvem a sua actividade profissional, continuam a sofrer da ausência de prevenção de riscos profissionais, a UGT entende ser fundamental criar uma verdadeira cultura de prevenção começando pela sensibilização e informação, visando a alteração de comportamentos dos professores, educadores, formadores e pessoal não docente sobre Segurança e Saúde no Trabalho.

Esta conferência contou com a presença da Presidente da UGT, Lucinda Dâmaso, e dos Secretários Executivos, Vanda Cruz e José Cordeiro, bem como de vários representantes de diferentes organismos que abordaram as questões dos problemas relacionados com o uso da voz, o stress no trabalho, a prevenção dos riscos psicossociais e a promoção da segurança e saúde no trabalho.

Veja a fotogaleria no link abaixo

Consulte também abaixo todos os materiais e documentos da campanha

Ver fotos (Flickr)

Relatório OIT "Melhorar a Segurança e a Saúde dos Trabalhadores Jovens"

2018-04-28
Relatório OIT "Melhorar a Segurança e a Saúde dos Trabalhadores Jovens"

Foi recentemente publicado em português o relatório da OIT para o Dia Mundial da Segurança e Saúde  no Trabalho 2018 - "MELHORAR A SEGURANÇA E A SAÚDE DOS TRABALHADORES JOVENS".

A OIT preparou este relatório visando a promoção de uma nova geração de trabalhadores mais segura e saudável, tendo por objetivo descrever os riscos para a segurança e saúde no trabalho (SST) enfrentados pelos trabalhadores jovens, bem como incentivar o diálogo mundial sobre a necessidade de melhorar a SST deste grupo de trabalhadores.

No relatório são analisados os fatores que contribuem para o aumento dos riscos profissionais com que os jovens se confrontam e enunciadas medidas legais, políticas e práticas que podem contribuir para a diminuição daqueles riscos.