UGT - Comunicados

Notícias Internacionais

2017

Comentário da CES ao Pacote da Primavera de 2017 do Semestre Europeu

2017-05-22
 Comentário da CES ao Pacote da Primavera de 2017 do Semestre Europeu

Comentando os "relatórios específicos por país" emitidos hoje pela Comissão Europeia, Katja Lehto Komulainen, Secretária-Geral Adjunta da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), disse “é um progresso que a Comissão Europeia esteja a pedir mais investimento público e salários mais elevados em alguns países, incluindo a Alemanha.”

“É contudo muito negativo que a Comissão exija novamente mais austeridade e cortes orçamentais a alguns países, e, por outro lado, limitar aumentos salariais e o investimento público a países com excedentes orçamentais é uma oportunidade desperdiçada.”

“A Europa precisa de mais investimento público e de aumentos de salários para os trabalhadores em toda a União Europeia, para que a recuperação económica seja sentida por todos. A criação de um Tesouro Europeu seria uma forma de aumentar os investimentos.

“É positivo que a Comissão Europeia peça medidas de combate ao trabalho precário em alguns países, incluindo Espanha e Portugal, e na Roménia e na Bulgária o estabelecimento de um mecanismo transparente para a fixação dos salários mínimos, em consulta com os representantes dos empregadores e dos sindicatos. Contudo é preocupante que os salários mínimos sejam tratados de forma tão negativa em Portugal, na França e na Estónia.”

“O enfoque da Comissão Europeia na adequação das pensões e da saúde, nas desigualdades e em sistemas fiscais progressivos, nas competências e no acesso à educação são todos pontos importantes a seguir. Contudo existe ainda um longo caminho a percorrer antes de a política económica da União Europeia promover realmente o crescimento inclusivo e o combate à desigualdade.”

Ver link