UGT - Comunicados

Notícias Internacionais

2012

A Europa tem de combater a sua dívida social

2012-10-15
A Europa tem de combater a sua dívida social

Mensagem da CES ao Conselho Europeu

A crise da dívida e a forma de a resolver, constituem assuntos que, por todo o lada, alimentam os debates, o que é perfeitamente legítimo. Mas existe uma dívida social que é tão importante como a monetária se queremos salvar a Europa.

Os programas impostos aos países em dificuldade, mas igualmente àqueles que aceitam adaptar-se aos critérios, concentram-se nas cortes orçamentais que afetam os mais vulneráveis, na redução da protecção social e no enfraquecimento da negociação coletiva.

Há um objetivo sistemático em desmantelar o modelo social que fez da Europa um continente democraticamente avançado, reduzindo as desigualdades sociais. Existe uma situação de emergência social nos países do sul e níveis crescente de desigualdade em todos os lados.

Os programas económicos estão a criar na Europa zonas de comércio livre completamente inaceitáveis, que concorrem e prejudicam aqueles que, por enquanto, se vão aguentando. Aquilo que os trabalhadores na Grécia, Portugal, Irlanda, Espanha estão a sofrer, mais cedo ou mais tarde fará ricochete e atingirá os trabalhadores do Norte da Europa.