UGT - Comunicados

Comunicados

2021

SPZC | Ministro próximo do futebol e distante da Educação

2021-06-21
SPZC | Ministro próximo do futebol e distante da Educação

Docentes continuam desmotivados com inoperância da tutela e estão preocupados com as prioridades de Tiago Brandão Rodrigues. SPZC e FNE entregam proposta de alteração dos vencimentos das tabelas dos docentes que trabalham nas Misericórdias

Integrado numa delegação da FNE, o SPZC reuniu com o ME sobre as medidas do plano de recuperação das aprendizagens perdidas pelos alunos do ensino obrigatório devido à pandemia. O documento é globalmente positivo, do ponto de vista teórico, mas os dirigentes sindicais estão muito céticos sobre a sua concretização e a obtenção dos resultados desejados. O encontro serviu ainda para reiterar, de viva-voz, a imperiosa necessidade de resolver assuntos que preocupam e desestabilizam os educadores e professores.

Um dos assuntos que integra o vasto rol de problemas que se têm vindo a avolumar é o da aplicação do modelo de avaliação e a sua implicação na progressão na carreira docente. Os docentes sentem-se profundamente injustiçados com os entraves administrativos colocados no acesso aos 5.º e 7.º escalões, para além da forma pouco clara como decorrem os processos em algumas escolas. Este cenário, que se tem arrastado, em nada contribui para motivar e envolver os educadores e professores na concretização de uma educação de excelência.

Outras insatisfações há muito tempo instaladas dizem respeito ao acesso à aposentação em condições dignas e justas por parte dos docentes, a par do excesso de trabalho burocrático e a falta de clarificação das componentes letiva e não letiva.

O SPZC continuará ainda a envidar todos os esforços para que situação dos educadores de infância e dos professores do 1.º ciclo do Ensino Básico, que trabalham em regime de monodocência, sejam revistas. Sobre esta matéria, e por uma questão de rigor factual, é bom lembrar que a existência de uma carreira única, em vigor desde 1990, foi conseguida graças ao trabalho exclusivo da FNE e do SPZC. Muitos que agora a defendem, e que à época foram os seus principais detratores, ocultam e branqueiam esta verdade cristalina.

Sobre a essência destes e de outros problemas, que são da eminente responsabilidade do ministro da Educação, nada é dito e muito menos feito. Nos tempos que correm, a única prioridade de Tiago Brandão Rodrigues parece ser o futebol. Esta é a dedução que se pode retirar das suas declarações públicas nos últimos dias.

Ainda no campo das negociações, o SPZC e a FNE apresentaram à União das Misericórdias uma proposta de revisão do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e Acordo de Empresa (AE) para que se revejam os clausulados há muito tempo sem os necessários reajustamentos. O SPZC e a FNE vão, assim, ao encontro das necessidades dos docentes do sector.

SMAV | Tutela da RTP desbloqueia verba ou Conselho de Administração não consegue suprimir os escolhos

2021-06-17
SMAV | Tutela da RTP desbloqueia verba ou Conselho de Administração não consegue suprimir os escolhos

O Sindicato os Meios Audiovisuais (SMAV) teve, hoje, uma reunião com o Conselho de Administração, a pedido deste.

O Presidente, Nicolau Santos, começou por referenciar o que para este CA é a “mensagem clara “plasmada no seu Projeto Estratégico, nomeadamente a necessidade de meios humanos e técnicos, a transformação e o caminho da Empresa para o digital, a criação de conteúdos diferenciadores, a captação de público jovem nas antenas e a necessidade de encontrar o equilíbrio entre as reivindicações dos trabalhadores e as possibilidades financeiras da RTP.

Leia o comunicado do SMAV na íntegra no link abaixo

SINAFE | "Greve no dia 25 de junho” para os trabalhadores da – Infraestruturas de Portugal, SA e IP – Telecom, SA

2021-06-14
SINAFE | "Greve no dia 25 de junho” para os trabalhadores da – Infraestruturas de Portugal, SA e IP – Telecom, SA

No nosso primeiro comunicado de Maio, a propósito do pequeno aumento anunciado pela IP, SA, que abrange apenas menos de 10% dos trabalhadores, escrevemos o seguinte: «O SINAFE continuará a envidar todos os esforços para que esta proposta seja revista e venha, também, ao encontro dos mais de 90% dos trabalhadores, não descurando formas de luta.»

Mantendo a intransigência face a aumentos salariais a IP, SA afirma que os aumentos salariais dependem do ministério da Tutela e do Ministério das Finanças.

Leia o comunicado do SINAFE (Clique aqui)

 

Ver documento (PDF)

SINDEL | AOS TRABALHADORES DO GRUPO REN ACORDO SALARIAL PARA 2021

2021-06-08
SINDEL | AOS TRABALHADORES DO GRUPO REN ACORDO SALARIAL PARA 2021

Após um longo processo negocial, depois de ouvidos os trabalhadores em Plenário e também este ano influenciado pela pandemia, pelo trabalho à distância ou pelo trabalho em situação de risco, foi possível estabelecer um acordo com a REN para a revisão salarial de 2021 no ACT REN e Portgás, nos seguintes termos:

Leia o comunicado do SINDEL (Clique aqui)

Ver documento (PDF)

SINDETELCO | Noticias sobre a ALTICE PORTUGAL – Pedida reunião urgente ao Presidente do C.E.

2021-05-31
SINDETELCO | Noticias sobre a ALTICE PORTUGAL – Pedida reunião urgente ao Presidente do C.E.

Após as notícias veiculadas, em primeiras páginas, a partir da passada 6ª Feira, por um semanário nacional, de que “Altice começou a preparar a venda da antiga Portugal Telecom”, e no interior da mesma edição, como continuação se titula noutro artigo de que “MEO encolhe, mas continua a encher bolsos dos acionistas”, muitos foram os órgãos de comunicação social que delas fizeram eco, motivando uma nota à imprensa, nesse dia, da Altice, e comentários de vários analistas e de ex-altos responsáveis da ex-PT, em jornais económicos, ou secções de economia.

Nesse mesmo dia, 28 de Maio, é dada a conhecer aos trabalhadores uma carta, do CEO da Altice Portugal, nada optimizadora de um possível futuro próximo da Empresa(s), onde se escreve, por exemplo, que “… estamos a avaliar todos os cenários possíveis, onde se incluem medidas adicionais de reorganização, que podem passar por medidas de carácter unilateral, …”.

Dada a perturbação, pela inquietude, intranquilidade, imprevisibilidade e desconfiança, que toda a situação pode trazer aos trabalhadores, e logo ao normal desenvolvimento da Empresa, a União de Sindicatos da Altice solicitou uma reunião, com carácter de urgência, ao CEO, onde possam vir a ser esclarecidos os entendimentos tidos para o normal funcionamento da Altice Portugal, de que aguardamos a sua marcação, havendo da nossa parte total disponibilidade para qualquer hora e dia.

Leia o Comunicado na íntegra no link abaixo