UGT - Comunicados

Comunicados

2022

UGT apoia Greve dos Trabalhadores dos CTT

2022-06-17
UGT apoia Greve dos Trabalhadores dos CTT

A UGT manifesta o seu apoio ao seu sindicato – SINDETELCO – e a todos os trabalhadores dos CTT que vão estar em greve esta sexta-feira, reivindicando melhores condições laborais.

É uma greve da total e exclusiva responsabilidade dos CTT

Os CTT, de uma forma unilateral, interromperam as negociações salarias que vinham a decorrer e aplicou um ato de gestão, dando um mau exemplo de como deve ser o verdadeiro espírito da negociação e do compromisso.

Perante a:

  1. Indignação pela aplicação de aumentos de apenas 7,5€ na Tabela salarial, através de um ato de gestão.
  2. Indignação pela aplicação do ato de gestão por parte da empresa, ao invés de negociar com o SINDETELCO, salvaguardando assim a paz social na empresa.
  3. Gratuitidade do trabalho extraordinário.
  4. Insatisfação pelo facto de a empresa fazer ouvidos de mercador aos pedidos do SINDETELCO para que sejam revistos os valores do Abono para Falhas.

A UGT espera que o bom-senso volte a imperar e que a Administração dos CTT e que esta manifestação dos trabalhadores seja um motivo para a retoma das negociações e para uma tomada de consciência das vantagens da negociação coletiva e os benefícios da paz social, quando os sindicatos da UGT são incluídos nos processos de diálogo e concertação.

É pelo diálogo, pela negociação, pela melhoria dos salários e das condições de trabalho de todos os trabalhadores dos CTT e contra a degradação da qualidade do serviço postal, que o SINDETELCO, com o apoio da UGT, realiza a greve de dia 17 de junho de 2022.