UGT - Comunicados

Comunicados

2021

UGT e sindicatos dos bancários reúnem com Governo sobre despedimentos no BCP e Santander

2021-09-02
UGT e sindicatos dos bancários reúnem com Governo sobre despedimentos no BCP e Santander

No âmbito dos processos de despedimento coletivo com que os Bancos Santander/Totta e Millennium/BCP confrontaram os sindicatos dos bancários da UGT, após longos processos negociais, na tentativa de consensualizar soluções que garantam aos trabalhadores as melhores condições para o seu futuro, os sindicatos dos bancários da UGT - Mais Sindicato, SBN e SBC - acompanhados pelo Secretário Geral, Carlos Silva, reunirão na próxima sexta feira, dia 3 de Setembro, pelas 15h00, na sede do Ministério do Trabalho, na Praça de Londres, com os Ministros da Economia e da Transição Digital e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Pedro Siza Vieira e Ana Mendes Godinho, respetivamente, no sentido de o Governo adotar medidas de defesa dos trabalhadores e de evitar que as empresas possam recorrer a esta figura legal - despedimento coletivo - para atingirem objetivos económicos dos accionistas, aproveitando o momento de pandemia, onde seria exigível uma responsabilidade social que proteja os mais frágeis e vulneráveis na relação de trabalho.

Esta é uma das ações que a UGT e os seus sindicatos irão despoletar, inclusive a nível internacional, de chamar a atenção para atitudes e comportamentos anti-sociais de violação da dignidade dos trabalhadores.

Numa altura em que o Governo apresentou aos parceiros sociais uma AGENDA PARA O TRABALHO DIGNO E A VALORIZAÇÃO DOS JOVENS NO MERCADO DE TRABALHO importa que seja o Governo o primeiro a rejeitar estes comportamentos de grandes empresas, que deveriam liderar a responsabilidade social, e nestes casos, apenas surgem na cauda dos mais irresponsáveis e injustos socialmente.