UGT - Comunicados

Comunicados

2021

SMAV | Escolhas para a RTP devem ter em atenção os trabalhadores

2021-03-22
SMAV | Escolhas para a RTP devem ter em atenção os trabalhadores

A RTP atravessa uma grande crise interna de gestão de recursos humanos. As carreiras dos trabalhadores do quadro ativo estão paralisadas há vários anos, existe um recurso exagerado a estratégias de contratação externa de legalidade duvidosa a que acresce uma total ausência de procedimentos de avaliação de desempenho.

O diálogo social esbarra, constantemente, em adiamentos de decisões fulcrais por questões externas e internas à empresa, algumas das quais, totalmente, dependentes da tutela política e financeira da RTP. O acumular destes problemas e a ausência de tomada de decisões levam a conflitos internos com tendência para se agravarem nos tempos mais próximos, caso nada seja feito para inverter o rumo que a empresa parece levar.

As organizações sindicais abstém-se, de momento, de fazer observações quanto às escolhas do C.G.I. para a administração da RTP e muito menos quanto às capacidades profissionais das duplas concorrentes, até porque, no que diz respeito à gestão de recursos humanos o nome sobre o qual a tutela das finanças dá parecer vinculativo, merece uma discussão mais profunda do que aquela a que temos assistido, dando como adquirido o que nunca deveria ser.

Quer no que diz respeito às escolhas como aos projetos, é importante quem quer que seja escolhido, perceba e proponha a esta empresa um projeto de mudança real, baseado nos trabalhadores da Empresa e não nos interesses do mercado e de quem ganha com os milhões da grelha da RTP.

Projetos baseados em meras opções de programação televisiva são cosmética!

Ou, a Empresa muda, e muda agora, tendo como base um projeto apoiado nos recursos humanos ou, este modelo terá provado, definitivamente, que para nada serve à RTP.

A prioridade são os trabalhadores e não os candidatos e nem quem se aproveita pessoalmente e politicamente de uma empresa que é de todos os portugueses, para um qualquer projeto de poder pessoal e corporativo.

Lisboa, 19 de Março de 2021

 

FE

SICOMP

SINTTAV

SITIC

SJ

SMAV