UGT - Comunicados

Comunicados

2020

FESAP - Regime convergente de fora do pagamento a 100% por assistência a filhos menores de 12 anos

2020-04-03
FESAP - Regime convergente de fora do pagamento a 100% por assistência a filhos menores de 12 anos

A FESAP exige que seja rapidamente feita a correção da legislação que resulta na discriminação entre os trabalhadores do regime de proteção social convergente face aos trabalhadores do regime geral da Segurança Social no que respeito à assistência a filhos menores de 12 anos.

 (...)

A FESAP considera lamentável que o Parlamento e Governo não tenham alterado a legislação aplicável aos trabalhadores da Administração Pública do regime de proteção social convergente, pelo que apela no sentido da imediata correção desta gritante injustiça, com efeitos à data da entrada em vigor da Lei do Orçamento do Estado para 2020, já que estamos perante uma clara violação do princípio constitucional da igualdade.

Neste momento, muito delicado para o país, para os trabalhadores e suas famílias, é particularmente importante que não vigorem quaisquer medidas discriminatórias entre trabalhadores, e que o Governo e o Parlamento deem um sinal claro da importância que

certamente dão à coesão social nestes tempos difíceis, pelo que a FESAP já enviou uma carta à Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública e à Provedora de Justiça, alertando para a necessidade de rapidamente corrigir este problema.

Leia a Nota de Imprensa da FESAP na íntegra no link abaixo

SINDAV - Chegou o momento da ANA/VINCI devolver aos trabalhadores, ao sector e ao País uma pequena parte do que ganhou nos últimos 6 anos

2020-04-03
SINDAV - Chegou o momento da ANA/VINCI devolver aos trabalhadores, ao sector e ao País uma pequena parte do que ganhou nos últimos 6 anos

Decorreu ontem, dia 02 de Abril, uma nova reunião entre os sindicatos e a ANA Aeroportos de Portugal, com a presença do sr. Presidente Thierry Ligonnière.

Mais uma vez a ANA tentou obter junto dos sindicatos carta de conforto para aplicar algumas medidas, que entende a empresa, possam mitigar os efeitos nas suas contas, no âmbito da pandemia COVID-19.

Da nossa parte, enfatizámos o facto de a ANA/VINCI ser a empresa com maior capacidade financeira do sector (de forma incomparável com qualquer outra empresa), tendo acumulado resultados positivos nos últimos 6 anos que lhe permitem, pelo menos por enquanto, fazer face ao cenário com que nos deparamos atualmente.

Relativamente às medidas apresentadas e que são do conhecimento de todos, reiterámos à empresa que as mesmas são de adesão voluntária, tendo nós manifestado o nosso veemente desagrado pela forma como algumas chefias mais incautas estão a pressionar e coagir os trabalhadores para que optem, pelo menos, por uma das medidas.

O acordo de empresa está em vigor, não foi suspenso, nem o poderá ser de forma unilateral.

Leia o comunicado na íntegra no link abaixo

COVID-19: FNE faz doação de 5000 viseiras de proteção de rosto

2020-04-01
COVID-19: FNE faz doação de 5000 viseiras de proteção de rosto

De forma a apoiar os profissionais de saúde que estão na linha da frente da prevenção e combate à covid-19, a Federação Nacional da Educação (FNE) e os seus sindicatos vão doar cerca de 5000 viseiras de proteção de rosto a hospitais, centros de saúde, bombeiros e a escolas, de norte a sul do país.

As viseiras serão doadas a várias instituições de saúde e outras entidades, iniciando-se simbolicamente com uma primeira entrega de 500 viseiras ao Hospital de São João, no Porto já esta semana. Depois, a entrega deste material chegará às entidades mais diversas, como ao Hospital Distrital de Santarém, ao Hospital de Faro, ao Hospital Eduardo Santos Silva, aos Bombeiros Sapadores e Voluntários de Coimbra, e ainda aos Bombeiros Voluntários de Algés, de Felgueiras e da Lixa, ao Banco Alimentar, bem como à Santa Casa da Misericórdia de Santarém.

A cadeia de solidariedade está a construir-se no nosso dia-a-dia, onde todos dependemos de todos, com a FNE e os seus sindicatos a contribuírem desta forma para transmitirem uma imagem de otimismo e crença na ultrapassagem desta situação.

Esta é uma forma que a FNE e os seus sindicatos membros escolheram para reforçar a sua palavra de alento e de obrigado para todos os profissionais da área da saúde desde médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, bombeiros, assistentes técnicos e assistentes operacionais que lutam todos os dias debaixo de uma pressão que nunca julgámos vir a viver nos tempos modernos.

Para completar o sucesso do trabalho desses profissionais, continua a ser imprescindível que prossiga o trabalho dos Educadores e Professores e dos outros Trabalhadores que asseguram serviços essenciais e o funcionamento da economia no que é indispensável para a nossa vida de todos dias.

Os sindicatos da FNE trabalham, a todos os níveis, para ajudar a proteger a saúde de todos e garantir que há respostas para as necessidades básicas da população.

 

Juntos #vamosdaravoltaovirus.

FESAP exige manutenção do rendimento de quem cuida de descendentes ou ascendentes

2020-03-27
FESAP exige manutenção do rendimento de quem cuida de descendentes ou ascendentes

Não obstante considerar que, no geral, são positivas as medidas avançadas esta quinta-feira, 26 de março, pelo Governo, através do Decreto-lei nº10-K/2020, de 26 de março, sobre o Regime de Faltas para Assistência à Família, a FESAP não pode deixar de as considerar insuficientes, uma vez que não salvaguardam as famílias que já se encontram com os rendimentos reduzidos porque perante a atual situação pandémica estão impossibilitadas de trabalhar e não têm nenhuma alternativa senão a de cuidarem elas próprias tanto de descendentes como de ascendentes.

Covid - 19 - UGT- Aveiro cancela actividades e encerra instalações

2020-03-26
Covid - 19 - UGT- Aveiro cancela actividades e encerra instalações

Face à situação de pandemia, a UGT-Aveiro enviou uma nota aos sindicatos a informar que  decidiu cancelar as actividades programadas e encerrar as suas instalações.

"Caríssimos, 

Portugal atravessa uma situação difícil pela propagação da Pandemia COVID-19. 

O Secretariado da UGT - Aveiro decidiu que este momento é de recolhimento, e solidariedade, temos como prioridade a Protecção de TODOS NÓS. 

Por tal e até nova avaliação, informamos que se encontram canceladas todas as actividades programadas pela UGT – Aveiro, assim como o encerramento temporário da sede em Aveiro. 

Pedimos a todos que, caso necessitem dos nossos serviços, que utilizem o nosso correio eletrónico: aveiro@ugt.pt  que responderemos de forma célere. 

Com os nossos melhores cumprimentos, votos de muita Saúde para todos NÓS, Família e Amigos, 

Aveiro, 24 de Março de 2020 

Pelo Secretariado da UGT Aveiro"