UGT - Comunicados

Notícias

2019

UGT nas “Conversas com Cidadãos do Mundo" sobre Eleições Europeias

2019-04-29
UGT nas “Conversas com Cidadãos do Mundo" sobre Eleições Europeias

A UGT esteve presente na pessoa da sua Secretária Internacional, Catarina Tavares, na edição especial “Conversas Com Cidadãos do Mundo”, dedicada às Eleições Europeias, que decorreu no dia 26 de Abril, no Centro de Negócios Ideia Atlântico, em Braga, e que teve como objectivo o debate e informação sobre a União Europeia e a sensibilização para a participação dos cidadãos nas eleições em maio.

Esta iniciativa contou na sessão de abertura com a presença do Presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio e teve como convidados Ana Gomes, atual deputada europeia, Gonçalo Lobo Xavier, diretor geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, José Oliveira, coordenador dos projetos de inovação na Bosch Car Multimédia Portugal e João Cerejeira, professor auxiliar na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho.

Este é um evento organizado pela sociedade civil para a sociedade civil, arredada da agenda dos partidos políticos, com o único objetivo de esclarecer as implicações das eleições dos eurodeputados no desenvolvimento do país, fazer uma retrospetiva custo-benefício da integração de Portugal na União Europeia e na discussão de estratégias que possam abrir caminhos para que todos possamos beneficiar ainda mais com o Projeto Europeu.

Fórum TSF - UGT contra alterações à lei da greve

2019-04-24
Fórum TSF - UGT contra alterações à lei da greve

Terão os sindicatos falhado no acompanhamento às mudanças o mundo do trabalho, como referiu o Presidente da República na entrevista à RTP3? Será que as novas formas de luta mais radicais que têm ocorrido nos últimos tempos devem levar a alterações à lei da greve?

O Secretário-geral Adjunto da UGT, Sérgio Monte, esclareceu estas questões no Fórum TSF de hoje. O dirigente sindical reafirmou que não é necessário fazer alterações à lei da greve e que esta foi uma das grandes conquistas do movimento sindical e dos trabalhadores.

Sérgio Monte salientou ainda que, durante o período de intervenção da Troika, as organizações sindicais, nomeadamente as da UGT, desempenharam um papel fundamental na manutenção do diálogo e da paz social.

Na sua opinião, o surgimento das novas formas luta mais radicais ocorrem devido ao forte ataque a que a negociação e a contratação coletiva foram alvo durante o período de resgate económico e financeiro e de que as entidades patronais tentaram tirar proveito promovendo, por esta via, o surgimento destes acontecimentos.

(Fonte: TSF)

 

 

SITESE convoca greve para o Dia do Trabalhador

2019-04-23
SITESE convoca greve para o Dia do Trabalhador

Os trabalhadores de hiper e supermercados vão estar em greve no Dia do Trabalhador, em 1 de maio.

O pré-aviso foi emitido pelo Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços (SITESE) decreta greve greve à prestação de trabalho para os trabalhadores dos sectores do Comércio, Escritórios e Serviços, nomeadamente nas empresas filiadas na APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição.

Esta greve deverá afetar o Pingo Doce, Continente, Jumbo e Minipreço.

Leia o pré-aviso de greve no link abaixo

SBSI já tem novos corpos gerentes

2019-04-18
SBSI já tem novos corpos gerentes

A Direção, o MECODEC, os Secretariados das Secções Sindicais de Empresa e Regionais e o Conselho Geral tomaram posse ontem, dia 17 de abril, numa cerimónia realizada na UGT.

Perante um auditório repleto de dirigentes e de convidados que fizeram questão de felicitar pessoalmente os vencedores das eleições, a presidente em exercício da Mesa cessante deu posse aos novos Corpos Gerentes do SBSI.

Iniciando a cerimónia dando posse a si mesma como nova presidente da MECODEC, Paula Viseu prosseguiu legitimando a mandato de cada membro da Mesa, da Direção, dos Secretariados de Empresa e Regionais e do Conselho Geral.

Nesta cerimónia interveio o Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, que em breves palavras referiu o papel importante do SBSI na conquista da liberdade no 25 de Abril e afirmou que o movimento sindical não está em declínio como muitos apregoam. "O SBSI é o maior sindicato português e sabemos que por força da reestruturação da banca e da crise que se abateu sobre a Europa e sobre Portugal em particular houve milhares de postos de trabalho que se perderam no setor bancário. E a verdade é que temos conseguido resistir".

Carlos Silva fez votos de que a intenção de criar um sindicato nacional da banca e seguros se materialize no prazo de dois anos, coincidindo com a realização do congresso da UGT. "Desafio os quatro sindicatos a cumprirem o desiderato que os bancários querem de um sindicato nacional".

Mostrando-se muito satisfeito pela tomada de posse ocorrer na sede da UGT, Carlos Silva deixou rasgados elogios ao papel do SBSI dentro da própria central. "O SBSI é um grande contribuinte líquido para aquilo que a UGT é. Somos uma central de liberdade, democrática e ficamos muito satisfeitos por este grande Sindicato vir aqui à sua casa fazer a tomada de posse."

"O papel do SBSI para a UGT continua a ser fundamental, no seu apoio, na visibilidade que a nossa central tem no País", referiu o secretário-geral, que também demonstrou a sua satisfação por ver uma maioria feminina na MECODEC.

Além do Secretário-geral da UGT, o auditório pode também ouvir as palavras do Presidente eleito, Rui Riso, e do Secretário-geral da FEBASE e presidente do STAS, Carlos Marques.(Leia mais AQUI)

Veja os discursos na íntegra abaixo

(Noticia UGT com SBSI)

Algumas Fotos...

 

Crise Combustíveis - UGT defende que é urgente trabalhadores e patrões negociarem

2019-04-17
Crise Combustíveis - UGT defende que é urgente trabalhadores e patrões negociarem

Sérgio Monte, Secretário-Geral Adjunto da UGT Portugal, comenta a Crise dos Combustíveis, "a greve é justa, as reivindicações também são justas, agora o momento talvez não seja o mais aconselhável", a UGT defende que é urgente haver diálogo e negociação entre os trabalhadores e os patrões para evitar que esta greve se prolongue por mais tempo, Sérgio Monte afirma ainda que as empresas representadas pela ANTRAM tem mantido uma "posição anti-negocial".

Estas declarações foram prestadas à entrada para a reunião de concertação social onde estiveram a ser discutidas as matérias relacionadas com fundos europeus e com o Programa Nacional de Reformas (PNR). Além do dirigente Sérgio Monte estiveram também presentes na reunião os Secretários-gerais Adjuntos, Paula Bernardo e José Cordeiro, e o Secretário Executivo, Carlos Alves.