UGT - Comunicados

Notícias

2019

CGA - aposentação aos 60 anos com 38,5% de penalização

2019-06-26
CGA - aposentação aos 60 anos com 38,5% de penalização

De acordo com notícias vindas hoje a público, o Governo aprovará, na próxima reunião do Conselho de Ministros, a possibilidade de, a partir de outubro, os trabalhadores da Administração Pública que tenham 60 anos de idade e 40 anos de serviço poderem aposentar-se antecipadamente sem a penalização de 14,7% do fator de sustentabilidade, à semelhança do que já estava previsto para o regime geral da Segurança Social, pelo que, ao contrário do que alguns órgãos de comunicação têm veiculado, não estamos perante qualquer espécie de tratamento preferencial ou favorecimento.

A FESAP, não obstante considerar positiva esta aproximação entre o regime da aposentação da Caixa Geral de Aposentações e o regime geral da Segurança Social, não pode deixar de frisar que se mantém a penalização de 0,5% por cada mês de antecipação face à idade legal de reforma, que se situa atualmente nos 66 anos e 5 meses de idade.

Leia a nota de imprensa da FESAP na íntegra no link abaixo

Formação - UGT e CEFOSAP promovem acção conjunta

2019-06-23
Formação - UGT e CEFOSAP promovem acção conjunta

Os representantes da UGT e do seu centro protocolar de formação profissional (CEFOSAP) promoveram no passado dia 21 de junho uma acção conjunta com a visita ao pólo de formação de Portalegre.

Esta iniciativa contou também com a presença do Presidente da UGT-Portalegre, Marco Oliveira. (ver foto)

 

 

OIT - UGT considera que as alterações ao Código do Trabalho são um avanço positivo

2019-06-19
OIT - UGT considera que as alterações ao Código do Trabalho são um avanço positivo

No dia em que o Primeiro-Ministro, António Costa, intervem na 108ª Conferência Internacional do Trabalho, o Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, à margem deste encontro entrevistado pela RTP questionou a demora na aprovação por parte do Parlamento português das alterações ao Código do Trabalho resultantes do acordo assinado em sede de concertação social.

O líder da UGT discorda da leitura enviesada da CGTP e considera que as alterações às leis do trabalho são um avanço positivo e que traduzem um combate à precariedade.

(Fonte:RTP3)

 

Madeira - SINDITE e SINTAP assinam compromisso de entendimento com Secretaria Regional da Saúde

2019-06-19
Madeira - SINDITE e SINTAP assinam compromisso de entendimento com Secretaria Regional da Saúde

As organizações sindicais da UGT, SINDITE e SINTAP, assinaram ontem com a Secretaria de Estado da Saúde da Madeira um compromisso de entendimento sobre o descongelamento das carreiras dos Técnicos Superiores das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica (TSDT).

Este compromisso visa o descongelamento da carreira para 285 TSDT do serviço de saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM), uma medida que terá um impacto orçamental de cerca de 2 milhões de euros. 

Em declarações ao Diário de Notícias, a Secretária-geral do SINDITE e Secretária-geral Adjunta da UGT, Dina Carvalho, afirmou que "esta acta de compromisso com o Governo Regional traz alguma justiça à muita injustça que este grupo de trabalhadores tem sofrido nos últimos anos". "São profissionais altamente especializados, que têm uma carreira antiga de 1999, que foi tevista em 2017, mas sem regras de transição, nem tão pouco uma tabela remuneratória", alertou.

Também o representante do SINTAP na Região e Presidente da UGT-Madeira, Ricardo Freitas, presente neste encontro sublinhou que este porcesso de negociação ainda não está totalmente fechado, mas "é um processo que nos satisfaz".

Além das organizações sindicais da UGT assinaram igualmente este compromisso o STSS e o SFP.

(Fonte: DNoticias)

 

Transtejo/Soflusa - SITEMAQ desconvoca greve

2019-06-18
Transtejo/Soflusa - SITEMAQ desconvoca greve

Foi suspensa a greve parcial decretada pelo Sindicato da Mestrança e Marinhagem da Marinha Mercante, Energia e Fogueiros de Terra (SITEMAQ), filiado na UGT, agendada para ter início esta terça-feira.

A administração da empresa e as estruturas sindicais assinaram um protocolo para o início de negociações em que todas as categorias profissionais da empresa estarão em pé de igualdade. A próxima reunião entre a administração da empresa e os sindicatos dos trabalhadores da Transtejo/Soflusa está agendada para o próximo dia 28 de junho. Os trabalhadores definem como prioridade a revisão dos salários para que se encontre uma solução equilibrada para as várias classes profissionais. Até que se chegue a acordo de revisão salarial está suspenso o prémio de 60 euros atribuído aos mestres dos navios.