UGT - Comunicados

Notícias

2017

UGT mobiliza Uniões para auxiliar populações

2017-10-20
UGT mobiliza Uniões para auxiliar populações

Os dramáticos acontecimentos ocorridos no passado domingo dia 15 de outubro ceifaram mais 43 vidas humanas e destruíram empresas, habitações, empregos, área ambiental protegida e, em alguns casos histórica, como o Pinhal de Leiria e a mata da Falperra.

A UGT está consciente que, enquanto parceiro social com participações impactantes na concertação social e no diálogo com todos os agentes económicos, políticos e sociais do nosso país, não pode ficar indiferente a este drama, e convocou todas as Uniões Distritais da UGT, especialmente aquelas em cujo território ocorreram incêndios e houve perda de vidas e destruição de recursos, para atuarem junto de Câmaras Municipais, Serviços de Emprego, Associações Industriais e Comerciais, e outros agentes relevantes, por forma a ser criado um cadastro de informação que permita à UGT levar ao Governo e ao Presidente da República, bem como aos partidos políticos com assento parlamentar um conjunto de reivindicações para acudir às pessoas, às empresas e aos territórios.

Ninguém pode ficar indiferente perante o que se passou no nosso país.

As famílias precisam de nós e da nossa intervenção. A ajuda não pode esperar!

UGT-Viseu exige medidas eficazes para devolver segurança às pessoas

2017-10-20
UGT-Viseu exige medidas eficazes para devolver segurança às pessoas

O Secretariado da UGT-Viseu manifesta a sua total solidariedade para com todas as populações atingidas pelo flagelo dos incêndios que dizimaram o centro e norte do país, e em muito particularmente a região de Viseu. 

Lamentamos profundamente o elevado número de mortes, a cujas famílias enviamos um enorme abraço solidário e fraterno.

 Aos responsáveis políticos exigimos medidas enérgicas e eficazes que de uma vez por todas devolvam a segurança às pessoas e bens nestas situações dramáticas.

 Atendendo que centenas postos de trabalho desapareceram, os trabalhadores afetados merecem e esperam apoios céleres que minimizem a sua situação. 

Leia no link abaixo a noticia da Lusa sobre o comunicado da UGT-Viseu

Ver link

Relatório das audições no âmbito do Livro Branco sobre o Futuro da Europa

2017-10-19
Relatório das audições no âmbito do Livro Branco sobre o Futuro da Europa

Na sequência da publicação do Livro Branco sobre "O futuro da Europa: reflexões e cenários para a UE 27 até 2025", a Comissão Europeia solicitou ao Comité Económico e Social Europeu (CESE), na sua qualidade de representante da sociedade civil organizada europeia consulta  junto das instituições europeias , tendo  organizado debates nacionais nos 27 Estados-Membros.

O CES Português participou nesta iniciativa e no passado dia 29 de maio realizou-se um debate com representantes das organizações empresariais (CIP, CAP, CCP, CTP) , representantes das organizações sindicais (CGTP e UGT ) e representantes dos interesses diversos , o qual está sumariado nas páginas 162- 168 do relatório agora divulgado pelo CESE. 

UGT Algarve emite Nota de Pesar

2017-10-19
UGT Algarve emite Nota de Pesar

Os sindicatos da União Geral de Trabalhadores no Algarve, no seu secretariado regional, que teve lugar no dia 19 deste mês, associam-se ao sentimento de dor e consternação partilhado por todos os portugueses, apresentando as mais sentidas condolências a todas as famílias enlutadas atingidas pelos recentes incêndios.

"Foi com enorme sentido de pesar que encararam a perda irreparável de vidas humanas, animais e habitações bem como de inúmeras empresas nos concelhos do interior do país afetados pelo flagelo, sendo indiscritíveis as dificuldades que as populações, empresas e trabalhadores enfrentam para recuperar desta catástrofe.

A UGT Algarve vem assim manifestar profundo apreço e solidariedade com todos os “soldados da paz”, pelo seu trabalho hercúleo no combate às chamas e no socorro às populações, que não é devidamente valorizado, essencialmente, as carreiras dos bombeiros municipais e profissionais que aguardam revisão há imenso tempo."

O.E. 2018 - Comentário do Secretário-geral da UGT

2017-10-13
O.E. 2018 - Comentário do Secretário-geral da UGT

Em declarações à TSF, o Secretário-geral da UGT, considera que a proposta do Governo é positiva, mas que poderia ter ido mais longe na questão dos escalões do IRS.

(Fonte:TSF)