UGT - Comunicados

Notícias

2020

Plano de Contingência UGT-Viseu

2020-03-16
Plano de Contingência UGT-Viseu

Na sequência da situação de pandemia, em resultado do vírus Covid-19, a UGT-Viseu decidiu suspender todos os serviços de atendimento presencial.

Durante este período a UGT-Viseu continuará a dar todo o apoio aos seus utentes através dos números abaixo indicados, correio eletrónico e Facebook.

Agradecemos a compreensão e empenho de todos

 

VISEU:

Telm.: 966 168 826

Telm.: 962 015 775 (GIP)

LAMEGO: 

Telm.: 960 160 234

Telm.: 966 170 313 (GIP)

Newsletter UGT | N.º 10 | Fevereiro 2020

2020-03-16

Leia a décima edição da newsletter da UGT no link abaixo

Ver link

FESAP ajusta protestos por força da pandemia de COVID-19

2020-03-12
FESAP ajusta protestos por força da pandemia de COVID-19

A FESAP decidiu reorganizar e ajustar a maioria das formas de protesto por força da pandemia COVID-19.

Em conferência de imprensa, o Secretário-geral da FESAP, José Abraão, anunciou que será retirado o pré-aviso de Greve que havia sido emitido tendo em vista possibilitar aos trabalhadores da Administração Pública participarem nos plenários que estavam previstos para o dia 20 de março.

Estão também suspensas as ações que estavam previstas para o dia 19 de março.

Além disso, a FESAP coloca a possibilidade de não realizar as comemorações do 1º de Maio.

Leia a nota de imprensa da FESAP na integra no link abaixo

UGT TV - CPCS: UGT diz que os trabalhadores "não podem perder rendimentos"

2020-03-11
UGT TV - CPCS: UGT diz que os trabalhadores "não podem perder rendimentos"

Os parceiros sociais reuniram esta quarta-feira para continuar a discussão do Acordo de Política de Rendimentos, contudo foi o coronavírus que se impôs como prioridade.

No final da reunião, a UGT voltou a manifestar a sua preocupação face à impacto do novo coronavírus na vida dos trabalhadores e dos seus rendimentos, no caso de ser decretado o encerramento temporário das empresas ou por assistência aos filhos, no caso da antecipação das férias da Páscoa.

A Presidente da UGT, Lucinda Dâmaso, em declarações aos jornalistas, mostrou-se preocupada com o eventual encerramento de escolas e com o apoio que os pais terão de dar aos filhos. Nesta situação, destacou que os trabalhadores não podem ser prejudicados e afirmou esperar que este período não seja contabilizado naquele que a lei já estabelece de acompanhamento aos filhos.

A dirigente sindical considera que o eventual encerramento das escolas é uma boa medida de prevenção “porque neste momento, não sabemos quem está doente e quem não está”.

 

UGT TV - Reunião na Concertação Social: O impacto do Covid-19 para os trabalhadores

2020-03-09
UGT TV - Reunião na Concertação Social: O impacto do Covid-19 para os trabalhadores

Os parceiros sociais e o Governo discutiram esta segunda-feira, numa reunião extraordinária da concertação social, as medidas relativas ao Covid-19 e avaliaram o impacto económico do surto em Portugal.

No final deste encontro, o Governo anunciou que irá pedir uma autorização legislativa para facilitar o regime de lay-off (redução temporária dos períodos normais de trabalho ou suspensão dos contratos de trabalho) nas empresas mais afectadas na sua actividade pelo novo coronavírus.  Contudo, o Executivo não esclareceu a forma como podem as empresas provar que a queda da sua actividade económica foi causada pelo Covid-19.

Para a UGT as “medidas são globalmente importantes”, contudo salienta que é “necessário assegurar um verdadeiro equilíbrio entre as medias de apoio às empresas e as medidas de protecção social dirigidas aos trabalhadores”.

Em relação à questão do lay-off, a Secretária-geral Adjunta, Paula Bernardo, admitiu que é necessário “dar condições às empresas que lhe permitam acautelar momentos mais complicados, mas é igualmente necessário acautelar o rendimento dos trabalhadores”.