UGT - Comunicados

Notícias

2017

UGT apresenta nova plataforma de e-learning para a negociação colectiva

2017-06-09
UGT apresenta nova plataforma de e-learning para a negociação colectiva

A UGT apresentou ontem, em conferência, um projecto apoiado pelo PT2020, que tem como objectivo desenvolver uma plataforma de formação, em suporte e-learning, dirigida à formação de negociadores sindicais no âmbito da negociação colectiva.

Nesta conferência participaram o Secretário-geral Adjunto, Sérgio Monte, responsável pelo pelouro da negociação colectiva, o Secretário Executivo, Mendes Dias, responsável pela formação e o director do CEFOSAP, Jorge Mesquita.

Sérgio Monte na sua intervenção apresentou alguns dados relativos à situação actual da contratação colectiva e ressalvou a importância da formação de negociadores e dirigentes sindicais nesta área, de forma a terem mais e melhores instrumentos nas mesas negociais.

Já o director do CEFOSAP destacou as potencialidades deste tipo de plataforma na formação. O Secretário Executivo, Mendes Dias, acrescentou que além das plataformas digitais, ferramenta essencial nos dias de hoje, é também determinante dar continuidade à formação presencial de técnicos de relações laborais, através do centro protocolar da UGT, o CEFOSAP.

A sessão de encerramento esteve a cargo do Secretário-geral, Carlos Silva que destacou a importância destas ferramentas no mundo actual e a relevância de acesso por parte do mundo sindical a estas novas tecnologias de informação. 

Ver fotos (Flickr)

Conversas sobre...UGT debate os riscos psicossociais no trabalho

2017-06-09
Conversas sobre...UGT debate os riscos psicossociais no trabalho

O Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho da UGT promoveu ontem um encontro com um perito em riscos psicossociais, Dr. Samuel Antunes que, num fórum informal apresentou dados e sensibilizou os dirigentes sindicais presentes para a problemática dos riscos psicossociais em ambiente laboral.

Esta iniciativa serviu ainda para fazer o lançamento da campanha de prevenção de riscos psicossociais na Administração pública e no Sector Empresarial do Estado. 

Ver fotos (Flickr)

Secretário Geral da UGT assume Vice-Presidência do CES

2017-06-08
Secretário Geral da UGT assume Vice-Presidência do CES

Na reunião plenária do Conselho Económico e Social (CES) do dia 8 de Junho de 2017, o Secretário Geral da UGT, Carlos Silva, tomou posse como Vice Presidente desta nobre instituição.

O CES é um órgão constitucional de consulta e concertação social tendo por principais objectivos a promoção da participação dos agentes económicos e sociais nos processos de tomada de decisão dos órgãos de soberania, no âmbito de matérias socioeconómicas, sendo, por excelência, o espaço de diálogo entre o Governo, os Parceiros Sociais e restantes representantes da sociedade civil organizada.

UGT desafia PS a alterar já contratos a prazo (J.Negócios)

2017-06-07
UGT desafia PS a alterar já contratos a prazo (J.Negócios)

No acordo tripartido subscrito pelo Governo acabou por ficar escrito que 2017 é um ano para "discutir" uma "avaliação integrada e partilhada do quadro laboral, com vista à celebração de um acordo subsequente" dedicado a estas matérias.

O secretário-executivo da UGT, Sérgio Monte considera, aliás, que as propostas poderiam ir mais longe, incluindo a penalização das empresas com mais rotatividade, uma medida que tem sido posta em cima da mesa mas que também não tem data para avançar.

"As propostas devem ir à concertação social. [Mas] se vão no sentido das nossas propostas então devem ser aprovadas o mais rapidamente possível. Já deviam ter sido."

in Jornal de Negócios

Secretário Geral da UGT debate futuro do movimento sindical em conferência do CES da Universidade de Coimbra

2017-06-07
Secretário Geral da UGT debate futuro do movimento sindical em conferência do CES da Universidade de Coimbra

Secretário Geral da UGT, Carlos Silva, marcou presença no Seminário Internacional "O mundo do trabalho em debate: Tendências, Poderes e Protagonistas" organizado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.
Carlos Silva interveio num painel dedicado ao futuro do movimento sindical e das relações laborais, onde defendeu aquela que é a matriz central da UGT, nomeadamente a importância do diálogo e da Concertação Social para a melhoria das condições de trabalho dos portugueses