UGT - Comunicados

Notícias

2019

Audiência com o P.R - UGT satisfeita com as alterações à Legislação do Trabalho

2019-08-02
Audiência com o P.R - UGT satisfeita com as alterações à Legislação do Trabalho

No final da audiência com o Presidente da República, o Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, manifestou a sua satisfação com a aprovação no Parlamento das alterações ao Código do Trabalho, reiterando que houve "respeito pela letra e pelo espírito do acordo de Concertação social assinado entre UGT, os empregadores e o Governo".

Veja as declarações do Secretário-geral à saída da audiência com o Presidente da República

Jornal 2: Carlos Silva aborda a Greve dos Motoristas de Matérias Perigosas e a Lei da Greve

2019-08-02
Jornal 2: Carlos Silva aborda a Greve dos Motoristas de Matérias Perigosas e a Lei da Greve

O Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, esteve ontem em direto para o Jornal 2, onde abordou alguns temas da atualidade como a Greve dos Motoristas de Matérias Perigosas, e a posição da UGT sobre as declarações do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, sobre a revisão da Lei da Greve.

Assista a entrevista ao Secretário-geral da UGT na íntegra:

Não existem motivos para alteração da Lei da Greve

2019-08-01
Não existem motivos para alteração da Lei da Greve

Secretário-geral Adjunto da UGT, Sérgio Monte esteve na Edição da Tarde da SIC Notícias para falar sobre as recentes declarações do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, sobre a revisão da lei da Greve, reafirmando a posição da UGT que não é o momento certo para alterações na lei em cima dos acontecimentos.

Termina mais uma Legislatura com o único objetivo de uma educação barata e que não deixa saudades!

2019-07-31
Termina mais uma Legislatura com o único objetivo de uma educação barata e que não deixa saudades!

O ano letivo está a terminar e com ele a Legislatura.

Não nos deixa saudades esta Legislatura. Aliás, em Educação, vamos acumulando legislaturas que não nos deixam saudades, sem podermos registar que, por uma vez, se atinjam os níveis indispensáveis de valorização dos educadores de infância, professores de todos os setores de ensino e trabalhadores não docentes, ou sequer que tenhamos melhorado os nossos índices de qualidade em variados domínios. 

Entre os profissionais da Educação continuam fortes os sinais de mal-estar, de desânimo, de falta de esperança, de desmobilização, de descrença, de insatisfação. São muitas as razões para esta situação. A desconfiança dos poderes políticos, a falta de autoridade reconhecida, a pressão crescente instalada por uma regulação cada vez mais disseminada por todas as atividades desenvolvidas, a dispersão do esforço profissional para as tarefas administrativas, a sucessão e contradição de normas inadequadas. E a acrescentar a tudo isto, a falta de estímulo de uma perspetiva de desenvolvimento de carreiras, atrativas e adequadamente remuneradas. 

Leia mais no site da FNE em https://bit.ly/2YAPd1z 

Leia o documento distribuído na conferência de imprensa no final da reunião da Comissão Executiva da FNE 

UGT defende que não é o momento certo para alterações na lei da Greve

2019-07-30
UGT defende que não é o momento certo para alterações na lei da Greve

O Secretário-geral Adjunto da UGT Portugal, Sérgio Monte, em declarações à Rádio Renascença defendeu que este não é o momento certo para rever a Lei da Greve.

“A lei da greve, para nós, está devidamente regulamentada. Foram instituídos serviços mínimos, por isso têm de ser definidos, ou por um tribunal arbitral ou pelos ministérios em que estiverem envolvidos setores de atividade em greve. Há que cumprir os serviços mínimos, e se não estiverem a ser observados o Governo tem uma arma a utilizar, que é a requisição civil”

"achamos que a lei da greve está devidamente regulamentada. Agora, nestas alturas – e não é a primeira vez – quando aparece uma classe profissional com mais poder reivindicativo, ou uma greve que se prolonga por mais tempo, há sempre esta vontade de mudar a lei da greve, mas não devemos fazer qualquer mudança a qualquer lei em cima do acontecimento"