UGT - Comunicados

Notícias

2020

42.º Aniversário UGT | Presidente da República atribui Ordem da Liberdade a Delmiro Carreira

2020-10-22
42.º Aniversário UGT | Presidente da República atribui Ordem da Liberdade a Delmiro Carreira

A UGT assinala no próximo dia 26 de outubro o 42º aniversário, data marcante na vida da Central que será assinalada por uma sentida homenagem a Delmiro Carreira, um dos grandes sindicalistas deste movimento que faleceu há um ano.

Uma homenagem justa a um defensor dos direitos dos trabalhadores, especialmente os trabalhadores bancários, marcando de forma indelével o movimento sindical português. Uma homenagem a uma figura da luta contra a ditadura e um dos deputados que votou a Constituição da República, um homem que nos marca a todos pelo seu percurso notável que teve como ponto alto a participação na fundação da UGT, sendo conhecido como um grande defensor do diálogo e da concertação social, predicados que usou na liderança do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas entre 1997 e 2011, período no qual criou o Serviço de Assistência Médico-Social dos bancários (SAMS), de que foi presidente do Conselho de Gerência, e, posteriormente, a criação do seu Hospital, cuja qualidade na prestação de cuidados de saúde e equipamento inovador sempre foram reconhecidos.

Por tudo isto e muito mais, a UGT decidiu atribuir o nome de Delmiro Carreira ao auditório principal da sede da UGT, de forma a perpetuar a memória de um dos grandes sindicalistas em Portugal. A Central vai ainda fazer da sua reunião ordinária do Secretariado Nacional (em regime híbrido), uma cerimónia de homenagem que contará com as intervenções do Secretário-geral, Carlos Silva, da Presidente, Lucinda Dâmaso, do Presidente do SBSI/Mais Sindicato, António Fonseca, de Rui Santos, antigo Presidente da Assembleia Geral e Conselho Geral do SBSI, e da viúva, Maria do Carmo Carreira. 

A homenagem ao dirigente sindical, culmina com a atribuição da Ordem da Liberdade – que se destina a distinguir serviços prestados em defesa dos valores da Civilização, em prol da dignificação da Pessoa Humana e à causa da Liberdade - por Sua Excelência o Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, numa cerimónia restrita que contará com a presença de alguns dirigentes da central, familiares, bem como da líder do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, Ana Catarina Mendes, (coautora do voto de pesar apresentado pelo GP/PS na A.R.), e do deputado e líder dos TSD’S, Pedro Roque Oliveira.