UGT - Comunicados

Notícias

2020

UGT insta Governo a apoiar os 'corona bonds' na resposta à pandemia

2020-03-25
UGT insta Governo a apoiar os 'corona bonds' na resposta à pandemia

O Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, enviou hoje uma carta ao Primeiro-Ministro, António Costa, com conhecimento ao Presidente da República e ao Ministro das Finanças, reivindicando o apoio do Governo de Portugal, no quadro do Eurogrupo, aos ‘corona bonds’ e solicitando à Comissão Europeia o adiamento do calendário normal do Semestre Europeu.

 

"Exmº Senhor

Primeiro Ministro

Dr. António Costa

A UGT expressa o seu apoio às medidas tomadas a nível nacional e europeu para fazer face à emergência da propagação do coronavírus e para controlar os impactos na saúde pública e na economia. É necessário que as autoridades ajam de forma coordenada e ativa para apoiar a economia nesta situação sem precedentes.

Não poderemos aceitar que os custos desta crise, que provavelmente será mais grave que a de 2008, recaiam sobretudo sobre os trabalhadores, nem poderemos aceitar o regresso da austeridade. É neste quadro que a UGT, membro da CES-ETUC, insta o Governo português, no quadro do Eurogrupo, a apoiar os 'corona bonds' e solicita à Comissão Europeia que adie o calendário normal do Semestre Europeu.

Simultaneamente, a UGT subscreve a Declaração dos Parceiros Sociais Europeus ETUC-CES, BussinessEurope, CEEP, SMEUnited sobre a emergência do COVID-19 (em anexo).

Gratos pela atenção que a nossa posição certamente merecerá.

Com os melhores cumprimentos

 

Carlos Silva

Secretário Geral da UGT"