UGT - Comunicados

Notícias

2019

CPCS - UGT satisfeita com proposta do Governo para aumento do SNM, mas quer mais.

2019-11-13
CPCS - UGT satisfeita com proposta do Governo para aumento do SNM, mas quer mais.

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, mostrou-se satisfeito com a proposta apresentada pelo Governo em aumentar o salário mínimo nacional para 635 euros já a partir de 1 de janeiro de 2020, mas quer mais.

À saída da reunião da concertação social, em declarações aos jornalistas, Carlos Silva afirmou que o aumento para 635€ era a linha vermelha da UGT, mas é um valor que não é suficiente para "Portugal sair da cauda da Europa". 

"A UGT já tinha determinado que para nós a linha vermelha seriam os 635€", afirmou o líder da UGT, acrescentando que "o fundamental é que os trabalhadores portugueses com salário mínimo nacional vejam o seu rendimento bruto aumentado, pelo menos, em 35€ a partir de janeiro".

A proposta do Governo teve o apoio da UGT e "vai ser avaliada", "ano após ano, até atingir os 750 euros", afirmou Carlos Silva.

O Secretário-geral da UGT acredita que este aumento irá "impulsionar a subida geral dos salários" e que a próxima reunião marcada pelo Governo para o dia 27 de novembro, será no sentido de se iniciar a discussão de "um acordo sobre a política de rendimentos, competitividade e preços".

Veja as declarações do Secretário-geral da UGT à saída da reunião de concertação social