UGT - Comunicados

Notícias

2019

Enfermeiros - UGT satisfeita com a retoma das negociações

2019-02-22
Enfermeiros - UGT satisfeita com a retoma das negociações

O Presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (SINDEPOR), Carlos Ramalho, admite abandonar a greve de fome que já dura há dois dias frente ao Palácio de Belém, depois de a Ministra da Saúde, Marta Temido, ter telefonado pessoalmente ao dirigente sindical informando-o que iriam ser retomadas as reuniões negociais com os representantes dos enfermeiros.

Também outro dos sindicatos filiados na UGT, o Sindicato dos Enfermeiros, presidido por José Azevedo, e na sequência do anúncio do ministério da tutela, avançou para a suspensão da greve de zelo que teria início a 1 de Março por tempo indeterminado.

As estruturas sindicais da UGT mais uma vez demonstram a sua disponibilidade para a negociação e compromisso em prol da melhoria das condições de trabalho dos trabalhadores portugueses.

A UGT acompanhou sempre de perto esta situação e reitera a sua satisfação por finalmente a luta destes sindicatos e o sacrifício pessoal do enfermeiro Carlos Ramalho ter merecido a atenção da Sr. Ministra na pronta reabertura do processo negocial. Registamos com agrado a atitude da Ministra da Saúde.