UGT - Comunicados

Notícias

2018

UGT sai da reunião de concertação social com grandes dúvidas em relação ao futuro

2018-04-06
UGT sai da reunião de concertação social com grandes dúvidas em relação ao futuro

Na reunião de concertação social desta sexta-feira que serviu para a apresentação das linhas gerais do Programa de Estabilidade para 2018-2022, os parceiros sociais ouviram do Ministro das Finanças, Mário Centeno, que os funcionários públicos não terão aumentos em 2019.

No final do encontro em declarações aos jornalistas, a Presidente da UGT, Lucinda Dâmaso, disse que para a UGT esta informação não é uma surpresa, mas acrescentou que “estamos frustrados ao ouvirmos dizer que não haverá tão cedo aumentos salariais. Estes trabalhadores continuarão a pagar fatura da crise. Isto causa grandes perturbações".

Lucinda Dâmaso considerou que só "trabalhadores respeitados, reconhecidos e valorizados" prestarão serviços de qualidade na administração pública, como na saúde ou nas escolas, além de que o Governo devia dar "um sinal de esperança" a todos os que foram penalizados durante a crise.

A dirigente sindical acrescentou ainda que o discurso do governante foi "dominado pela incerteza" em termos de futuro, apesar da melhoria da economia e da diminuição de desemprego que se vivem atualmente.