UGT - Comunicados

Notícias

2018

Mensagem de Ano Novo do Secretário-geral da UGT

2018-12-31
Mensagem de Ano Novo do Secretário-geral da UGT

Na mensagem de Ano Novo, o Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, expressou a importância do diálogo social e do trabalho da central sindical ao longo de 40 anos na procura de soluções pela negociação e pelo compromisso.

Carlos Silva reafirma que em 2019 o Governo não pode continuar a ignorar o diálogo social e a concertação e apela a todos os portugueses para que apoiem os sindicatos e se sindicalizem, dando mais força à voz dos trabalhadores na defesa dos seus direitos

“Para 2019 apelamos a todos [empregadores e Governo] que venham ao encontro das expectativas dos trabalhadores. Aumentos salariais, negociação colectiva, desbloqueamento das carreiras e progressões na Administração Pública. É preciso dar passos firmes no sentido de ir ao encontro das reivindicações dos trabalhadores portugueses ”.

Tempo de Antena UGT - 28 de Dezembro de 2018

2018-12-28
Tempo de Antena UGT - 28 de Dezembro de 2018

Tempo de Antena da UGT Portugal de 28 de Dezembro de 2018

Ver vídeo (Youtube)

Mensagem de Natal do Primeiro Ministro - Discurso de António Costa é realista

2018-12-26
Mensagem de Natal do Primeiro Ministro - Discurso de António Costa é realista

A UGT considera que o discurso do Primeiro-ministro, António Costa, na tradicional mensagem de Natal é realista e espera que de futuro o chefe do Executivo cumpra a sua palavra e valorize o factor trabalho.

FNE saúda não promulgação do diploma do Governo para recuperação do tempo de serviço congelado

2018-12-26
FNE saúda não promulgação do diploma do Governo para recuperação do tempo de serviço congelado

A FNE saúda a decisão do Presidente da República de não promulgar o decreto-lei aprovado pelo Governo e que reduzia a 2 anos, 9 meses e 18 dias a recuperação do tempo de serviço que esteve congelado para os docentes portugueses.

O Presidente da República devolveu o diploma ao Governo, referindo que a Lei do Orçamento de Estado para 2019 contém norma específica que determina que seja conduzido um processo negocial com vista à recuperação do tempo de serviço congelado.

A decisão do Presidente da República remete, deste modo, o processo negocial para o enquadramento definido pela Lei do Orçamento de Estado para 2019, que entrará em vigor no próximo dia 1 de janeiro.

Ao retomar as negociações, o Governo não pode ignorar que esta norma da Lei do Orçamento de Estado para 2019 reproduz a norma que sobre esta questão já constava da Lei do Orçamento de Estado para 2018, e que a Assembleia da República teve de repetir, por verificar que o Governo não deu cumprimento ao que se estabelecia sobre o direito dos docentes portugueses à recuperação integral do tempo de serviço congelado, 9 anos, 4 meses e 2 dias.

Deste modo, a FNE está inteiramente disponível para que o processo negocial seja rapidamente retomado e que o Governo assuma a orientação que muito claramente a Assembleia da República lhe determina, isto é, que a negociação deve ocorrer sobre o prazo e o modo como deve ser garantida a recuperação integral do tempo de serviço congelado.

Porto, 26 de dezembro de 2018
A Comissão Executiva

Ver link

SITESE - Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na véspera de Natal

2018-12-19
SITESE - Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na véspera de Natal

O Sindicato dos Trabalhadores e Técnicos de Serviços, Comércio, Restauração e Turismo (SITESE) decretou greve para os funcionários dos supermercados para o dia 24 de Dezembro, véspera de Natal.

Em comunicado, esta organização acusa a APED de falta de diálogo referindo que “as fases de negociação e conciliação só têm servido para a APED demonstrar aos trabalhadores e à sociedade, em geral, que estão em diálogo. Trata-se, de facto, de um falso diálogo que tem servido para bloquear a revisão e atualização das retribuições com se demonstra no quadro.

Vamos dar um grande exemplo de solidariedade entre trabalhadores e de repulsa contra as manobras da APED, paralisando no dia 24 de Dezembro!”, acrescenta.

Leia no link abaixo o comunicado do SITESE na íntegra