UGT - Comissões

Comissões

Ala de Quadros

“A Importância dos Quadros no Novo Contexto Laboral – Uma primeira Reflexão sobre o Setor Público”

2019-04-26
“A Importância dos Quadros no Novo Contexto Laboral – Uma primeira Reflexão sobre o Setor Público”

A Ala de Quadros da UGT promoveu, em Condeixa-a-Nova, no dia 23 de Abril, mais uma Conferência sobre a “Importância dos Quadros no Novo Contexto Laboral”, desta vez dedicada ao Sector Público.

A sessão de abertura ficou a cargo do Presidente da Câmara de Condeixa-A-Nova, Nuno Moita da Costa, que endereçou as boas vindas aos presentes e agradeceu à UGT por ter organizado esta iniciativa naquela Vila e, muito principalmente, no espaço único que é o SPOR, considerado o melhor Museu multimédia em Portugal. Por sua vez, José Cordeiro, Secretário-geral Adjunto da UGT, começou por agradecer, em nome do Secretário-Geral da UGT, Carlos Silva, o convite para estar presente na conferência, tendo feito de seguida uma resenha histórica sobre os factos que conduziram à criação da Ala de Quadros da UGT.

A Conferência prosseguiu com a intervenção de Victor Santos - membro da Ala de Quadros da UGT e dirigente nacional do SINTAP -, tendo este feito o enquadramento do tema “Os Quadros no Novo Contexto Laboral do Setor Público”.

Jacinto Santos, Presidente da UGT-Coimbra, moderou um painel intitulado “A Valorização dos Quadros do Setor Público – Passado e Futuro” –, que contou com a presença de Carla Reis dos Santos, Inspetora de Finanças da IGF, Elisabete de Carvalho, Diretora-Geral do INA, João Pais de Moura, Presidente da FEFAL e José Abraão, Secretário-Geral da FESAP.

Durante o painel foram referidos aspetos relevantes sobre os Quadros da função pública, tendo sido apontada como primeira dificuldade – comum aliás a todos os outros setores – a própria definição de Quadro de empresa. Outros fatores aludidos durante o painel foram os graus de complexidade e responsabilização crescentes dos Quadros que não se refletem numa devida e necessária revalorização das respetivas carreiras.

O encerramento desta iniciativa ficou a cargo de Lucinda Dâmaso, Presidente da UGT, Carlos Moreira, Presidente da Comissão de Juventude e de Elizabeth Barreiros, Presidente da Ala de Quadros, cujas intervenções incidiram sobre a importância da Ala de Quadros como estrutura que pretende “dar voz” aos Quadros dos diferentes setores de atividade e refletir sobre o lugar e a importância destes profissionais num mundo laboral em rápida mudança. Foi também realçada a necessidade de se criarem pontes que permitam implementar políticas de valorização e combate à precariedade.

Os membros da Ala de Quadros agradecem à Câmara de Condeixa-a-Nova e ao Presidente da UGT-Coimbra todo o apoio logístico sem o qual não teria sido possível levar a cabo mais esta iniciativa.

Eurocadres - Campanha WEMOVE - Petição pelo reforço da proteção dos denunciantes à escala da UE

2019-02-25
Eurocadres - Campanha WEMOVE - Petição pelo reforço da proteção dos denunciantes à escala da UE

Alguns dos graves escândalos dos últimos anos despertaram a atenção dos cidadãos para a forma como as irregularidades no interior de organizações ou empresas, tanto no setor público como no setor privado, podem constituir um grave perigo para o interesse público.

Desta forma, a Comissão Europeia tem vindo a trabalhar no sentido de criar um quadro político para reforçar a proteção dos denunciantes à escala da União Europeia.

Neste contexto, surgiu um movimento (Wemove.Eu), o qual, através da assinatura de uma petição, pretende que sejam definidas e protegidas as ações dos denunciantes de escândalos e corrupção na UE.

Ao assinar esta petição, está a aceitar uma diretiva que inclui, entre outros:

- o direito de solicitar aconselhamento junto de sindicatos e ONGs

- o direito de ser representado por um sindicato

- o direito de proteção de jornalismo de investigação

- o direito a proteção dos denunciantes contra atos de retaliação.

 

Aceda e assine a petição AQUI

UGT debate a importância dos Quadros no novo contexto laboral no Setor Financeiro

2018-11-22
UGT debate a importância dos Quadros no novo contexto laboral no Setor Financeiro

A Ala de Quadros da UGT promoveu esta quinta-feira na sede da UGT em Lisboa, uma Conferência sobre a Importância dos Quadros no novo contexto laboral - Uma Primeira Reflexão sobre o setor Financeiro.

A sessão de abertura ficou a cargo o Secretário-Geral da UGT, Carlos Silva, e da Presidente da Ala de Quadros da UGT, Elizabeth Barreiros.

A conferência teve como oradores, Rui Riso, Presidente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas, que abordou as consequências da digitalização da economia nos quadros do setor financeiro, e com Martin Jefflén, Presidente do Eurocadres - Council of European Professional and Managerial Staff, que falou dos 25 anos da organização na defesa dos Quadros na Europa.

A Jornalista, Margarida Peixoto do Jornal de Negócios moderou um painel com o tema “A Valorização dos Quadros do Setor Financeiro – Passado e Futuro” que contou com a presença do Diretor de Recursos Humanos do Banco de Portugal, Pedro Raposo, da Diretora de Recursos Humanos do Novo Banco, Paula Borges, do Professor Coordenador no ISEC, Jorge Gaspar, e de Rute Almeida, Coordenadora da Comissão de Quadros e Técnicos do SBSI.

O encerramento da conferência ficou a cargo de Lucinda Dâmaso, Presidente da UGT.

A Ala de Quadros da UGT vai promover ao longo do ano 2019, mais conferências sobre a Importância dos Quadros no novo contexto Laboral, focando em diversos setores de atividade. 

Fotos

Carlos Silva, Secretário-Geral da UGT na Sessão de Abertura

Elizabeth Barreiros, Presidente da Ala de Quadros da UGT na Sessão de Abertura

Lucinda Dâmaso, Presidente da UGT na Sessão de Encerramento

Ver link

Today is a day to be proud of our work! Tomorrow is a day to work on the Council...

2018-09-20
Today is a day to be proud of our work! Tomorrow is a day to work on the Council...

Dear colleagues,

The European Commission just published its legislative proposal on whistleblower protection. We have had leaked drafts for some time now and have been able to assess it in detail. Over all the directive is better than we had hoped for, but there is definitely room for improvement. We will work on communicating the detailed analysis the next few days.

As was just mentioned in the wide newsletter to all our subscribers, today is a good day to pause for a second and reflect upon the hard work so many have put down the past few years. We can be proud of what we have done together. We had set a clear focus on an important issue, and we have made a difference. It won't be done until the Council adopts the proposal, but a proposal from the Commission, which is a rather good one, is a very important milestone.

At this stage, it is crucial to remember that the window to influence member states in their process of forming an opinion for the Council is rather short. We will definitely need the advocacy work of all national Eurocadres members in this, as it is not possible for the secretariat to deal with all the 28 member states in a short time. 

A big thank you for all the hard work so far! Let's celebrate a bit today, and then let's get started tomorrow on making the necessary improvements and ensuring that the Council supports the proposal.

Martin Jefflén, President of Eurocadres &

Janina Mackiewicz, Head of EU Affairs, Eurocadres

Presidência Austríaca do Conselho da UE

2018-08-01
Presidência Austríaca do Conselho da UE

As prioridades da presidência austríaca pautam-se pela divisa "Uma Europa que protege". O programa da presidência debruça-se sobre algumas questões atuais e essenciais, tais como o asilo, a migração, a proteção das fronteiras externas, a luta contra a radicalização, o terrorismo e a criminalidade organizada, a digitalização e a defesa dos valores europeus.

O Eurocadres elaborou um documento com um resumo muito detalhado das prioridades da presidência e um link para o programa completo. Espera-se que, durante esta presidência, seja concluída grande parte das propostas legislativas. O Eurocadres acompanhará com especial atenção o desenvolvimento da proposta sobre Proteção dos Alertadores (Whistleblower Protection) em toda a EU. (versão portuguesa da proposta em: http://europa.eu/rapid/press-release_IP-18-3441_pt.htm ).